Representações do Senado Romano na Ab Urbe Condita Libri de Tito Lívio : livros 21-30

Metadatas

Date

January 1, 2010

Language
Organization

Knowledge Unlatched

License

https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/legalcode


Keywords

Political Science / History & Theory bisacsh:POL010000

Cite this document

Marco Antonio Collares, « Representações do Senado Romano na Ab Urbe Condita Libri de Tito Lívio : livros 21-30 », Open Research Library, ID : 10.7476/9788579830969


Metrics


Share / Export

Abstract 0

O presente livro trata das representações de Tito Lívio, historiador romano de finais do século I a.C., sobre o senado de Roma. As representações enquanto referências simbólicas, valores, crenças e concepções de mundo de indivíduos historicamente posicionados são comumente projetadas em textos e artefatos culturais que pretendem auxiliar no estabelecimento de consensos e normas de conduta em dada sociedade. Nesse sentido, o livro enfoca às opiniões do autor romano, inscritas em sua Ab Urbe Condita Libri (Desde o Início da Cidade), sobre a mais influente instituição da República, aquela que mais precisou se adaptar à nova situação política do Principado, no momento em que o poder foi centralizado por Otávio Augusto, primeiro Princeps- Imperador romano, sobrinho-neto e filho adotivo de Júlio César. A partir da constituição de uma narrativa histórica sobre a sociedade romana e suas instituições tradicionais, Tito Lívio estabeleceu normas de condutas para o senado imperial de sua própria época, vinculando-se indiretamente às políticas e às representações do primeiro Princeps-Imperador romano em seu relacionamento direto com o conselho dos patres.

From the same authors

Similar documents