Bem-estar psicológico e cidadania no Amazonas

Metadatas

Date

2015

type
Language
Identifiers
License

LICENCIA DE USO: Los documentos a texto completo incluidos en Dialnet son de acceso libre y propiedad de sus autores y/o editores. Por tanto, cualquier acto de reproducción, distribución, comunicación pública y/o transformación total o parcial requiere el consentimiento expreso y escrito de aquéllos. Cualquier enlace al texto completo de estos documentos deberá hacerse a través de la URL oficial de éstos en Dialnet. Más información: https://dialnet.unirioja.es/info/derechosOAI | INTELLECTUAL PROPERTY RIGHTS STATEMENT: Full text documents hosted by Dialnet are protected by copyright and/or related rights. This digital object is accessible without charge, but its use is subject to the licensing conditions set by its authors or editors. Unless expressly stated otherwise in the licensing conditions, you are free to linking, browsing, printing and making a copy for your own personal purposes. All other acts of reproduction and communication to the public are subject to the licensing conditions expressed by editors and authors and require consent from them. Any link to this document should be made using its official URL in Dialnet. More info: https://dialnet.unirioja.es/info/derechosOAI


Cite this document

Suely Aparecida do Nascimento Mascarenhas et al., « Bem-estar psicológico e cidadania no Amazonas », Dialnet - Artículos de revista, ID : 10670/1.d7p3sf


Metrics


Share / Export

Abstract 0

O bem estar psicológico é um fenômeno que tem sido objeto de estudo da psicologia considerando sua importância para a saúde mental, o bem estar pessoal e familiar impactando na qualidade de vida em sociedade. O objetivo do artigo é analisar indicadores de bem estar psicológico de habitantes do Amazonas associando o sentimento a expectativas de melhores condições para o exercício da cidadania e a inclusão socioeconômica. A pesquisa apoiada pela FAPEAM, Decisão 172/2012 foi realizada entre 2012 e 2016 em diversos municípios do Amazonas e contou com a participação de 1716 participantes de ambos os sexos que responderam instrumento próprio para levantamento de variáveis associadas ao tema. Os resultados sugerem a ocorrência de indicadores positivos de bem estar psicológico com relação ao enfrentamento dos desafios impostos pela realidade amazônica que ainda configuram-se como desfavoráveis em comparação com os indicadores de acesso a serviços públicos como saúde, saneamento, educação formal, trabalho e renda de outras regiões do Brasil.

From the same authors

Similar documents