Evolução Histórica da Propaganda, Legislação Antitabagismo e Consumo de Cigarro no Brasil

Metadatas

Date

2009

type
Language
Identifiers
License

LICENCIA DE USO: Los documentos a texto completo incluidos en Dialnet son de acceso libre y propiedad de sus autores y/o editores. Por tanto, cualquier acto de reproducción, distribución, comunicación pública y/o transformación total o parcial requiere el consentimiento expreso y escrito de aquéllos. Cualquier enlace al texto completo de estos documentos deberá hacerse a través de la URL oficial de éstos en Dialnet. Más información: https://dialnet.unirioja.es/info/derechosOAI | INTELLECTUAL PROPERTY RIGHTS STATEMENT: Full text documents hosted by Dialnet are protected by copyright and/or related rights. This digital object is accessible without charge, but its use is subject to the licensing conditions set by its authors or editors. Unless expressly stated otherwise in the licensing conditions, you are free to linking, browsing, printing and making a copy for your own personal purposes. All other acts of reproduction and communication to the public are subject to the licensing conditions expressed by editors and authors and require consent from them. Any link to this document should be made using its official URL in Dialnet. More info: https://dialnet.unirioja.es/info/derechosOAI


Keywords

Psicologia

Cite this document

Marina Davoglio Tolotti et al., « Evolução Histórica da Propaganda, Legislação Antitabagismo e Consumo de Cigarro no Brasil », Dialnet - Artículos de revista, ID : 10670/1.iakz0f


Metrics


Share / Export

Abstract 0

Este estudo observou nove propagandas de cigarro veiculadas na televisão brasileira, de 1980 a 1998, relacionado-as com dados oficiais de consumo de cigarro nesse período, visando analisar a interferência da propaganda no hábito de fumar. As propagandas foram descritas, segundo as variáveis: ano de veiculação, marca do cigarro, slogan, conteúdo, personagens e advertências do Ministério da Saúde. As descrições foram analisadas e comparadas com dados oficiais divulgados sobre a legislação e o tabagismo no Brasil. Constatou-se diminuição do consumo mediante leis anti-fumo restritivas à publicidade, implantadas em 88, 95 e 2000, sendo que nesse período o consumo foi reduzido em 63 bilhões de unidades, evidenciando-se relação entre as propagandas e o consumo de tabaco. Tais dados sugerem que conteúdos veiculados pela propaganda na televisão brasileira tendem a interferir significativamente no comportamento do consumidor, apontando a demanda por constantes legislações e políticas públicas baseadas na perda dessa estabilização e conseqüente retomada do consumo.

From the same authors

Similar documents