A QUESTÃO DO NADA EM HEIDEGGER E SARTRE

Metadatas

Date

December 16, 2014

type
Language
Identifiers
Collection

CLACSO

License

Direitos autorais 2014 Kíneses


Keywords

Ser. Nada. Ontologia. Homem.

Cite this document

GOMES (UFPI) Raimundo Wagner Gonçalves de Medeiros, « A QUESTÃO DO NADA EM HEIDEGGER E SARTRE », CLACSO, Repositorio Digital, ID : 10.5555/k.v2i04.4380


Metrics


Share / Export

Abstract 0

Na contemporaneidade, o nada aparece na obra de alguns pensadores, numatentativa de articulá-la com a questão do ser. Heidegger e Sartre se configuram como os principais expoentes deste tempo, nesta vertente do pensamento humano, por concentrarem seus estudos no campo ontológico, entretanto sem se desgarrem das relações humanas no que tange ao conhecimento. Ambos articulam a questão do ser na medida em que é colocada como uma questão do homem, ou, em certos momentos, do ser-aí humano, por isso, ela tem que ser colocada no âmbito de suas relações cotidiana

document thumbnail

From the same authors

Export in