Associações de professores e sindicatos em Espanha, durante a transição da ditadura de Franco para a democracia (1970-1983)

Metadatas

Date

January 1, 2012

type
Language
Identifier
Organization

SciELO


Keywords

associativismo sindicatos transição democracia Franco

Cite this document

José María Hernández Díaz, « Associações de professores e sindicatos em Espanha, durante a transição da ditadura de Franco para a democracia (1970-1983) », Revista Lusófona de Educação, ID : 10670/1.t11l8n


Metrics


Share / Export

Abstract 0

Este artigo analisa os processos do associativismo e a emergência do sindicalismo livre dos professores em Espanha que deixam a ditadura de Franco e se inserem na democracia e na liberdade. Contemplou-se um conceito abrangente de transição política, partindo da reforma educativa de 1970 até ao início do governo socialista em 1983 com as suas propostas de mudança educacional. Associativismo, sindicalismo e movimentos de renovação pedagógica configuram os âmbitos de construção da identidade profissional e democrática do amplo sector dos docentes dos diversos níveis de ensino em Espanha numa década-chave da sua história contemporânea, como é a dos anos 70 do século XX.

From the same authors