Pensar a tradição a partir dos 100 anos do Terreiro Bate Folha

Metadatas

Date

December 5, 2016

Language
Identifier
Collection

Adarrum

Organization

OpenEdition


Cite this document

João Ferreira Dias, « Pensar a tradição a partir dos 100 anos do Terreiro Bate Folha », Adarrum, ID : 10670/1.sivked


Metrics


Share / Export

Abstract 0

A literatura afro-brasileira dedicada ao Candomblé cristalizou a classificação dos terreiros em "puros" e "degenerados", numa hierarquia rígida que não se despiu quer da história das relações entre pesquisadores e terreiros quer da histórico de pesquisas iniciadas no Gantois por Nina Rodrigues. Das 'sobrevivências culturais' de Herkovits à 'supremacia nagô' de Bastide, o trajeto foi sendo feito, e autores como Edison Carneiro, Ruth Landes ou Juana Elbein dos Santos preservaram e amplificaram ...

From the same authors

Similar documents