Implicações psicossociais da seca na vida de moradores de um município da zona rural do nordeste do Brasil

Metadatas

Date

January 1, 2016

type
Language
Identifier
Organization

SciELO

License

info:eu-repo/semantics/openAccess


Keywords

seca psicologia

Cite this document

Carla Evelline de Sousa Camurça et al., « Implicações psicossociais da seca na vida de moradores de um município da zona rural do nordeste do Brasil », Avances en Psicología Latinoamericana, ID : 10670/1.cqxkja


Metrics


Share / Export

Abstract 0

A seca é um fenômeno natural e físico que ocorre com certa regularidade no Nordeste do Brasil. A compreensão reducionista desta problemática, associada Abstract à falta de água, facilita a naturalização de seus efeitos sociais. O artigo objetiva discutir as implicações psi cossociais da seca na vida de moradores de uma comunidade rural do nordeste do Brasil. A metodologia foi quantitativa, com a aplicação de um questionário com 207 sujeitos, moradores da Comunidade da Canafístula, município do estado do Ceará. Obteve-se que 87.9% dos participantes passaram por alguma seca, o que impactou na falta de água para o consumo humano e animal, nas perdas na produção. A insegurança quanto ao futuro, sentimentos de desânimo e tristeza, fatalismo e desesperança apreendida aparecem como implicações psicossociais da seca. Destaca-se a importância da desnaturalização deste fenômeno e da análise dos seus impactos objetivos e subjetivos na vida das comunidades rurais.

document thumbnail

From the same authors

Export in